Skip to topic | Skip to bottom
Home
Ilanet
Working on page action in claims



  • Página sem formatação (Page without formatting)?
  • Clique (Click) em Visualizar impressão (Print Preview).



Express Persona
Ilanet Ágora
Main Blog

  • Linux Powered

  • Download Mozilla Firefox Browser

  • Use OpenOffice.org

Ilanet.ResultadosEmNormasSociaisr1.33 - 07 Oct 2018 - 13:39 - GregorioIvanoff

Start of topic | Skip to actions

ILAnet


JOVAED 2015 Confronto!: Qual o valor dos seus resultados com o desenvolvimento em normas sociais? Certifique seus resultados em um jogo sério sobre o desenvolvimento em normas sociais. A certificação favorece a composição de uma imagem global sobre produção e resgates de capital social! Queremos identificar também que mudança e contribuição de escolas sobre resultados com o desenvolvimento em normas sociais? 27 abr. 2015. Acesse informações e resultados sobre a atividade na página do evento. Disponível em < https://docs.google.com/document/d/1W6V3GCfi1oHponeHen5AdH9ZSzwVFv9VipfFis3VT8A/pub >. Acesso em 8 mai. 2015.


Apresentação


Qual é o seu objetivo para a atividade no jogo? É produzir e comunicar [aos participantes e coordenadores] uma opinião sobre o tema do jogo respondendo a pergunta central: Qual o valor dos seus resultados com o desenvolvimento em normas sociais? Para produzir a sua opinião você pode responder as 4 perguntas acessórias indicadas no tabuleiro do jogo indicado nesta página. Não é necessário responder todas as perguntas e você também pode responder as perguntas acessórias várias vezes seguindo a sequência indicada. Procure registrar o caminho de desenvolvimento da sua reflexão, a sua rota, enquanto registra sua opinião. Para identificar e desenvolver a atividade identifique uma iniciativa valiosa do dia-a-dia ou uma iniciativa que você considera valiosa.


Ative seu hashtag (#) com perfil em educação!


Para participar do jogo encontre uma palavra para descrever o perfil (tipo de jogador) que mais se parece com você: desenvolvedor(a), educador(a), mãe, pai, aluno(a), filho(a), diretor(a), orientador(a), competidor(a), jogador(a), atirador(a) em primeira pessoa (first-person shooter), coordenador(a), moderador(a), mediador(a), agente, ativista, aprendiz, docente, curioso(a), explorador(a), pesquisador(a), profissional, trabalhador(a), gestor(a) [...].

Usando hashtag (#), identifique, selecione e comunique o seu perfil (tipo de jogador) em educação. Mude seu perfil a qualquer momento se descobrir outro perfil que melhore seus resultados. Identifique onde você encontra seus pares (trabalho, escola, casa, redes sociais, lanhouses [...]?).


Aprendizado e crescimento (Região de balanço; Região de mercado): economia ecológica, player types in games, cohesive governance


Com qual grupo você tem mais afinidade?


Escolha uma dos grupos (casas) identificando dois comportamentos na tabela a seguir. Por exemplo, "Pensando nos outros, estou positivista" e "Pensando em mim, tenho preferência pela conquista de vitórias fáceis" indicam Grupo Azul.


Grupo Azul Coordenação    
Grupo Azul Pensando nos outros, estou positivista (Costumo ver e destacar os pontos positivos) Grupo Verde
Ética em educação, Educador em jogo sério, #Eticista, #Profissional, #Engenheiro, #Educador, Job placement   #AuditorAmbiental, #Certificador, #Tutor, #Fotógrafa da #natureza
Pensando em mim, tenho preferência pela conquista de vitórias fáceis (Estou intolerante a falhas) Qual o seu grupo? Pensando em mim, tenho preferência pela superação de probabilidades impossíveis (Estou tolerante a falhas)
    Rock art
Grupo Vermelho Pensando nos outros, estou crítico (Quando encontro falhas, tenho a tendência de ser crítico) Grupo Amarelo
     


Encontre a região "de partida" para o desenvolvimento da atividade


  • Encontre, no "tabuleiro" indicado a seguir, a região "de partida" e identifique "caminhos" para o desenvolvimento da atividade;
  • Elabore argumentos sobre a atividade;
  • Encaminhe seus comentários para outros participantes e para os coordenadores do jogo / atividade, identificando seu perfil em educação com hashtag (#);
  • Para participar das atividades em grupo do jogo encontre e comunique-se com outros participantes do mesmo grupo que escolheu.


Governança Instituições, governo, liderança, políticas e estado de direito Hábitos de estudo Capital humano, saúde, a comunidade e o indivíduo Social
  Gestão de projetos Região de viabilidade    
Região de sobrevivência [2] --> Depois de responder a pergunta siga para [3] ou [4]: Para satisfazer os que promovem o desenvolvimento em normas sociais, em que processos organizacionais devemos ser excelentes? As informações de [2] podem ser utilizadas em [3] ou [4]. [3] --> Depois de responder a pergunta siga para [4]: Para realizar resultados com o desenvolvimento em normas sociais, como devemos parecer aos olhos dos que promovem o desenvolvimento em normas sociais? Região de sustentabilidade
  As informações de [1] podem ser utilizadas em [2]. Capital social em resultados As informações de [3] podem ser utilizadas em [4].  
Região de mercado [1] --> Depois de responder a pergunta siga para [2]: Para realizar resultados com o desenvolvimento em normas sociais, como promoveremos nossa capacidade de mudar e melhorar? As informações de [4] podem ser utilizadas em [1]. [4] --> Comece e termine o jogo aqui / Depois de responder a pergunta siga para [1]: Para sermos bem-sucedidos, como devemos parecer aos olhos dos que promovem o desenvolvimento em normas sociais? Região de avanço
Recursos naturais, urbanização e aspectos ecológicos   Região de balanço Teste de personalidade  
Infraestrutura e ambiente Infra-estruturas críticas (ou seja, comunicações, energia, transportes, água e saúde)   Ambiente macroeconômico, mercado de produtos e serviços, mercado financeiro, mercado de trabalho, sustentabilidade e produtividade Economia


Aprendizado e crescimento (Região de balanço; Região de mercado): expectativas das partes interessadas, mudança social em normas, escolas em normas sociais, escola em movimento, norms in action


Educação em desenvolvimento


"[...] [A] cristalização [...] se refere à quantidade de variância existente [em] uma norma; traduzida do [contexto] teórico de volta para a norma real, [a cristalização] mostra quanta concordância existe entre os membros do grupo sobre a aprovação de uma determinada quantidade de comportamento. Pode ser que alguns membros acreditem que a norma seja mais central para o funcionamento do grupo do que outros. Uma norma de grupo como quantas xícaras de café os [ingressantes de] primeiros anos devem beber provavelmente têm baixa cristalização, uma vez que muitos indivíduos têm crenças variáveis sobre a quantidade apropriada de cafeína para beber; em contrapartida, a norma de não plagiar o trabalho de outro estudante provavelmente teria alta cristalização, considerando que as pessoas concordam uniformemente sobre a inaceitabilidade do comportamento". Mostrando a norma geral do grupo, o modelo de potencial de retorno não indica a cristalização. Outro modelo de potencial de retorno, no entanto, que indique pontos de dados individuais ao lado da norma cumulativa, poderia demonstrar a variância e nos permite deduzir a cristalização (Wikipedia, 2014).

"O problema é que não se transferem, num passe de mágica, valores, comportamentos, coesão social e sobretudo a confiança entre os indivíduos que os estimulem a tomar em conjunto iniciativas inovadoras. [...] talvez não seja inútil estabelecer a diferença entre organização e instituição. A organização reúne indivíduos para atingir certos objetivos. A instituição são as regras do jogo, as normas, os valores, os códigos de comunicação que permitem aos indivíduos e aos grupos levarem adiante ações em comum a partir de certos significados e certos códigos mentais partilhados (Denzau & North, 1994). O bar da esquina é uma organização: o McDonalds é uma instituição. A alimentação ali servida simboliza um certo modo de vida. O dinheiro, por exemplo, é uma instituição, mesmo não sendo uma organização" (ABRAMOVAY, 2001, p. 124).

"A escola enquanto instituição onde interagem professores e alunos, cruzando os seus próprios trajetos e projetos, tem de ser concebida como um espaço relacional [...] é na qualidade dessas relações que assentam os dois grandes objetivos da escola --- o de introduzir e promover a aprendizagem do patrimônio cultural e científico da humanidade; e, o de atuar como espaço de segunda instância de socialização. Alcançar estes dois objetivos exige, mais do que nunca, que a escola se repense, se reorganize e passe a agir no sentido de construir a disciplina, isto é, de educar para a auto-disciplina e para a responsabilidade" (AMADO, João; MATOS, Armanda. Construir a Disciplina – Programas de Prevenção e de Intervenção Centrados na escola, Universidade de Coimbra).


O caso da mãe dinamarquesa presa pela polícia em Nova York


"[...] Os dinamarqueses têm uma sociedade de alta confiança. Mães (e pais) "estacionam" seus filhos fora das lojas em seus carrinhos de bebê enquanto entram nas lojas para fazer compras. O nível de confiança permite que as compras sejam mais eficientes, e, é uma indicação de existência em que podemos ver como o capital social é resgatado.

No entanto o New York Times (1997, 22 de maio) relata que essa prática levou à prisão de uma [mãe] visitante dinamarquesa. Ela tentou resgatar, em Nova York, o capital social construído na Dinamarca, ao estacionar seu carrinho e entrar em uma loja. Este era um ambiente não-resgatável, porque era um ambiente de baixa confiança.

As normas de controle social nos EUA realmente trabalharam contra esta mulher. As normas podem funcionar em alguns casos em favor de crianças; por exemplo, quando sancionam o abuso em uma sociedade de não-confiança. Mas no caso da mãe visitante dinamarquesa [o capital social] operava de forma diferente. Não existia o capital social. Por que podemos dizer isso? Não poderia ser resgatado. Ele existia na Dinamarca. E a prova é que ele poderia ser resgatado. Em ambos os casos [a mãe visitante] tentou resgatar. Em ambos os casos, [percebeu-se] que o [capital social] existia. Em apenas um caso, [o capital social] existe como foi percebido.

Nos EUA, vimos uma norma de controle social resgatada por uma pessoa desconhecida. Com isto queremos dizer que alguém chamou a polícia quando perceberam uma mulher abandonando seu filho. A norma resgatada foi uma comum e desenvolvida naquela sociedade contra o abuso. O pai é responsável nos EUA pela proteção da criança, porque há um nível muito reduzido de confiança social, ou seja, menos fé na comunidade em geral como uma cuidadora. Ambas são formas de capital social, mas elas são únicas [no sentido de] que são criadas nas interações sociais diferenciais e [em] relacionamentos da vida real.

São iguais, mas diferentes? Não, a forma de capital social dos EUA é diminuída, pois é menos universal (ou seja, nem todo mundo iria denunciar o abandono) e com base em formas inferiores de cooperação (dependência de autoridades para disciplinar). Isto significa que é menos capital social, não um tipo ou forma de capital social diferente. O capital social é um recurso assim como as outras formas de capital são recursos.

É importante rejeitar a noção de um "capital social negativo" ou a "inconveniência de capitais sociais" que não são recursos, mas forças de exclusão, como a noção apresentada por Portes (1998) e Portes e Sensebrenner (1993) e Portes e Landholt (1995). É interessante notar que a intervenção policial com uma "lei" na mão é um exemplo de uma instituição e, como tal, é indicativo de uma forma de coesão. Poucos disputariam que uma das coisas que mantém os Estados Unidos coeso é a sua polícia e [suas] estruturas paramilitares que impõem a ordem. Testemunhe os problemas quando há uma presença policial reduzida.

Podemos ver, no exemplo acima, as questões de confiança, credibilidade e normas [...]" (WHITE et al., 2000).


Aprendizado e crescimento (Região de balanço; Região de mercado): social capital availability


Mais sobre o jogo


Modelo de coordenação do jogo


O jogo tem início e término entre as regiões de avanço e balanço. Espera-se, dos jogadores, o registro de comentários sobre o balanço de resultados em normas sociais. A concepção do jogo utilizou conhecimento produzido na prática para a operação dos grupos LinkedIn Modelos em negócios. No balanço dos grupos foi proposto o perfil do agente efetivo, que pode ser útil para a caracterização dos perfis de jogadores e dos coordenadores do jogo. Além disso, uma página está disponível com ideias para o registro do apontamento em balanço.

O jogo se desenvolverá até a data de fechamento (previsão de data de fechamento em 7 mai. 2015 se a rodada se confirmar entre 27 abr. e 10 mai. 2015). Após a data de fechamento os coordenadores terão 3 dias para anunciar as 5 melhores publicações abertas com hashtags (#) de perfis de educação indicados. Os coordenadores devem se identificar de acordo com um assunto (curso, disciplina, área de conhecimento acadêmico etc.), região (estado, cidade, bairro, rua etc.), nível (título, série etc.). Não serão aceitas identificações de entidades ou instituições. Os coordenadores também devem escolher e indicar um dos quatro grupos (casas) sugeridos para o jogo.


Aprendizado e crescimento (Região de balanço; Região de mercado): effective political agency


English


confronto! is a serious game dedicated to structuring policies development. At its first edition (JOVAED 2011 Confronto! June 2011, between 11th and 21st), it enacted a games and learning school. It's an open, simple, serious, social and educational game. At the game, four houses (groups) compete and collaborate. Everyone can join in.


Referências


Aprendizado e crescimento: avaliação em visão


Palavras-chave: normas sociais em grupos, avaliação quantitativa em escolas, reorganização urbana, valor em normas sociais, infraestrutura virtual em coordenação, gestão em grupos, ligações interlinguísticas, roteiro em efetividade, formação de professores, jogos em normas sociais, tecnologias em educação, perfil em educação, jogos ativos, práticas políticas


Keywords: role in international finance, social change in norms, project in player types, open virtual learning, social capital availability, enactment in change, norms in change, learning complexity, linguistic exchanges, cohesive governance, evaluation process, change enactment, virtual action, linguistics, hashtag, Wikipedia, Dropbox


Brasil: mercado de games no Brasil, experiência em certificação no Brasil, percepção dos brasileiros, hue BR


Resultados: #Jornada EaD, JOVAED


V Jornada Educação a Distância: o futuro da arte, 23/05/2015. Visões para o futuro da EaD e do uso de tecnologias em educação. Para onde estamos caminhando? Games, gamificação, mobile learning, modelos pedagógicos e competências em educação a distância, simuladores, ensino de música a distância e o futuro da EaD, dentre outros temas, serão debatidos pelos principais pesquisadores e especialistas no Brasil. Rua Casa do Ator, 275 Vila Olímpia - São Paulo/SP, Universidade Anhembi Morumbi. Disponível em < http://www.eadfa.com.br >. Acesso em 21 abr. 2015.

ABRAMOVAY, Ricardo. Conselhos além dos limites. Estud. av., São Paulo , v. 15, n. 43, Dec. 2001 . Available from < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142001000300011&lng=en&nrm=iso >. access on 12 Jan. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142001000300011.

Ajuda:Guia de edição/Interwikis. Ligações interlinguísticas. Disponível em < https://pt.wikipedia.org/wiki/Ajuda:Guia_de_edi%C3%A7%C3%A3o/Interwikis >. Acesso em 12 mar. 2015.

AMARO, Marcos; MELITO, Adolfo. Empreender se aprende na escola: Um movimento inovador foi criado pela empresa Aprendendo a Jogar, com o propósito de levar para jovens dos ensinos médio e fundamental conceitos e fundamentos de como construir negócios. Instituto da Economia Criativa, 11/03/2015. Disponível em < http://www.istoedinheiro.com.br/blogs-e-colunas/post/20150311/empreender-aprende-escola/6323.shtml >. Acesso em 16 mar. 2015.

ARAÚJO, Ulisses F.; GARBIN, Mônica Cristina; FRANZI, Juliana; ARANTES, Valéria Amorim; E SILVA, Custódio Cruz de Oliveira. O uso de tecnologias educacionais na formação de professores para conteúdos de ética e cidadania: o curso de Especialização semipresencial em “Ética, valores e cidadania na escola”. International Studies on Law and Education, CEMOrOc-Feusp / IJI-Univ. do Porto, 19 jan-abr 2015.

CARVALHO, F.C.A.; IVANOFF, G.B. Tecnologias que educam: Ensinar e aprender com tecnologias de informação e comunicação. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010. Disponível em < http://www.pearson.com.br/acontece.asp?id_p=0&pag_id=49&acao_id=25&area_pai=40 >. Acesso em 10 out. 2009.

CARVALHO, José Sérgio. A liberdade educa ou a educação liberta? Uma crítica das pedagogias da autonomia à luz do pensamento de Hannah Arendt. Educ. Pesqui., São Paulo , v. 36, n. 3, Dec. 2010 . Available from < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022010000300013&lng=en&nrm=iso >. access on 19 Jan. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022010000300013.

CAVALCANTI, Zélia; MENDONÇA, Helena A. Jovaed 2015 - Entre o presencial e o online - CF. Escola da Vila. Disponível em < https://www.youtube.com/watch?v=SCdLLyeHyGg >. Acesso em 28 abr. 2015.

Curso de Engenharia de Computação se destaca no Concurso INOVAPS, UniEvangélica, 14.11.2014. Disponível em < http://www.unievangelica.edu.br/noticias/4797 >. Acesso em 12 mai. 2015.

Curso Tecnologias que educam - NPT (certificado USP). Coordenador: Jose Dutra de Oliveira Neto. Moderadores: Nilvania Aparecida Spressola, Gregorio Bittar Ivanoff. FEA-RP USP, NACE-NPT Núcleo de Apoio às Atividades de Cultura e Extensão Universitária - Núcleo Para o Desenvolvimento de Tecnologia e Ambientes Educacionais, Ribeirão Preto, SP, Brasil. Disponível em < http://ead.fearp.usp.br/course/view.php?id=688 >. Acesso em 13 abr. 2014.

DE MORAES, Roberto Rodrigues. Congresso Nacional quer regulamentar 117 dispositivos da CF de 1988 ainda não aplicados por falta de lei. Disponívem em < http://jus.com.br/artigos/24578/congresso-nacional-quer-regulamentar-117-dispositivos-da-cf-de-1988-ainda-nao-aplicados-por-falta-de-lei >. Acesso em 23 abr. 2015.

Design Educacional. Curso Online, início: 06 de Abril de 2015, Turma 12. Artesanato Educacional. Disponível em < http://artesanatoeducacional.blogspot.com.br/2015/02/design-educacional.html >. Acesso em 11 mar. 2015.

Escola da Vila. Centro de formação. Disponível em < https://cfvila.com.br/ >. Acesso em 28 abr. 2014.

FSP cria especialização gratuita e semipresencial em Saúde Pública, 10 de outubro de 2014. Disponível em < http://www5.usp.br/66013/fsp-cria-especializacao-gratuita-e-semipresencial-em-saude-publica/ >. Acesso em 29 abr. 2015.

IGLESIAS, Fabio; GUNTHER, Hartmut. A espera na vida urbana: uma análise psicossocial das filas. Psicol. estud., Maringá , v. 14, n. 3, p. 537-545, Sept. 2009 . Available from < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-73722009000300015&lng=en&nrm=iso >. access on 23 Apr. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722009000300015.

IVANOFF, Gregorio Bittar; MENGALLI, Neli Maria: Práticas da Educação Empreendedora. VI JOAD - Jornada de Administração, I Fórum de Ensino, Pesquisa e Extensão de Cursos de Administração, UniEvangélica, 10 a 12 nov. 2010. Disponível em < http://www.unievangelica.edu.br/gc/index.php?pag=noticia.php&id_noti=2989 >. Acesso em 19 out. 2010.

JOVAED Jornada Virtual ABED de EaD. ABED Associação Brasileira de Educação a Distância. Disponível em < http://www.abed.org.br/hotsite/jovaed-2015/pt/abed/ >. Acesso em 14 fev. 2015.

Lighted Schoolhouse at Daniel E. Morgan Elementary School Pilot Program Evaluation Prepared for: Strong Families=Successful Children Vision Council Prepared by: Kathryn W. Hexter Sanda Kaufman, Ph.D. Mittie Olion Chandler, Ph.D. Naomi Sikes-Gilbert Erin Aleman Maxine Goodman Levin College of Urban Affairs 1717 Euclid Avenue Cleveland, Ohio 44115 http://urban.csuohio.edu/. Available from < https://www.researchgate.net/publication/264871744_Strong_FamiliesSuccessful_Children_Vision_Council_Prepared_by >. access on 11 November 2014.

MOLINIER, Pascale. O trabalho e a psique: Uma introdução à psicodinâmica do trabalho. Brasilia: Paralelo 15, 2013.

Norm (social). Available from < http://en.wikipedia.org/wiki/Norm_%28social%29 >. access on 18 October 2014.

On Bullshit. Disponível em < http://pt.wikipedia.org/wiki/On_Bullshit >. Acesso em 9 mar. 2015.

REZENDE, Eliana. ♫ ♪ ♫ Tomara que chova...3 dias sem parar ♫ ♪ ♫. Disponível em < https://www.linkedin.com/pulse/tomara-que-chova3-dias-sem-parar-eliana-rezende >. Acesso em 14 fev. 2015.

REZENDE, Eliana. Chegamos ao fim da Educação. Disponível em < http://pensadosatinta.blogspot.com.br/2015/02/chegamos-ao-fim-da-educacao.html >. Acesso em 14 fev. 2015.

SANT'ANA, Ruth Bernardes de. Autonomia do sujeito: as contribuições teóricas de G. H. Mead. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília , v. 25, n. 4, p. 467-477, Dec. 2009 . Available from < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722009000400002&lng=en&nrm=iso >. access on 20 Apr. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722009000400002.

SILVA, Soraia. Relações Interpessoais. Disponível em < http://www.notapositiva.com/pt/trbestbs/psicologia/12_relacoes_interpessoais_d.htm >. Acesso em 23 abr. 2015

Um novo começo: plano de trabalho da Comissão Europeia para gerar emprego, crescimento e investimento. Comissão europeia - Comunicado de Imprensa, Estrasburgo, 16 Dezembro 2014. Disponível em < http://europa.eu/rapid/press-release_IP-14-2703_pt.htm >. Acesso em 23 abr. 2015.

UniEvangélica. Disponível em < http://www.unievangelica.edu.br/instituicao/ >. Acesso em 12 mai. 2015.

VERMEREN, Patrice; CORNU, Laurence; BENVENUTO, Andrea. Atualidade de O mestre ignorante. Educ. Soc., Campinas, v. 24, n. 82, Apr. 2003 . Available from < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302003000100009&lng=en&nrm=iso >. access on 03 Jan. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302003000100009.

Você pensa em jogos quando promove a aprendizagem? Acompanhe em aprendizagem em metáforas, confronto! jogo sério educacional entre 11 e 21 jun. 2011, Jornada Virtual ABED de EAD, JOVAED 2011. Chamada disponível a partir de < https://docs.google.com/document/pub?id=1_6sioCClyj_b9MUvxEczvlXaT7aiFhLKotwGGVtsEPk >. Programação completa disponível a partir de < http://www.abed.org.br/jovaed2011/programacao.asp >. Acesso em 30 mai. 2011.

WAYTZ, Adam; DUNGAN, James; YOUNG, Liane. The Whistle-Blower’s Quandary. Sunday Review, The Opinion Pages, Gray Matter, The New York Times, August 2, 2013. Available from < http://www.nytimes.com/2013/08/04/opinion/sunday/the-whistle-blowers-quandary.html >. Português: < http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A%2F%2Fwww.nytimes.com%2F2013%2F08%2F04%2Fopinion%2Fsunday%2Fthe-whistle-blowers-quandary.html >. access on 2 January 2014.

WHITE, Jerry P.; MAXIM, Paul S.; WHITEHEAD, Paul C. Social Capital, Social Cohesion and Population Outcomes in Canada’s First Nations Communities. First Nations Social Cohesion Project, Discussion Paper no. 00-7, Population Studies Centre, University of Western Ontario, London Canada, August 2000. Available from < http://www.ssc.uwo.ca/sociology/popstudies/dp/dp00-7.pdf > and < http://www.ssc.uwo.ca/sociology/firstnations/ >. access on 9 February 2015.


http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=orienta%C3%A7%C3%A3o+comunidade+resultados+%22em+normas+sociais%22&btnG=Pesquisar


Number of topics: 26


Express

Number of topics: 0


Ágora

Number of topics: 3


Persona

Number of topics: 0


Community


Efficiency / Eficiência   Community / Comunidade
  Twitter Pipl
  Annual report / Balanço anual  
  Research social networks / Redes sociais de pesquisa Wikipedia
Personality / Individualidade   Sociability / Sociabilidade

-- GregorioIvanoff - 20 Apr 2015
to top


Direitos de cópia © 1999-2018 pelos autores que contribuem. Todo material dessa plataforma de colaboração é propriedade dos autores que contribuem.
Ideias, solicitações, problemas relacionados a Ilanet? Dê sua opinião
Copyright © 1999-2018 by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding Ilanet? Send feedback