Skip to topic | Skip to bottom
Home
Express



  • Página sem formatação (Page without formatting)?
  • Clique (Click) em Visualizar impressão (Print Preview).



Express Persona
Ilanet Ágora
Main Blog

  • Linux Powered

  • Download Mozilla Firefox Browser

  • Use OpenOffice.org

Express.RegiaoEmVisaoDoConhecimentor1.11 - 17 Aug 2017 - 15:14 - GregorioIvanoff

Start of topic | Skip to actions

Express


O campo conhece?


A ideia aqui é identificar e desenvolver relações sobre o conhecimento em campo. Ao explorar a ideia de método em diversidade, identificou-se alternativas em produção econômica para descrever o trabalho em conhecimento.


O desenvolvimento sobre o horizonte de tempo


[15 fev. 2015] Método em credibilidade, horizonte de tempo em desenvolvimento: A observação do tempo em práticas pode ser relacionada com a proposta de desenvolver perspectivas ou a visão do conhecimento. As análises do tempo em perspectivas e do tempo em visão do conhecimento dependem de avanço sobre a análise do tempo em organização, em processos. Antes, além da observação do tempo em práticas, é necessário desenvolver a observação do tempo em estratégias.

Trabalhar com o horizonte de tempo ajuda a identificar métodos relevantes na perspectiva do valor de sustentabilidade. Condições e consequências relacionadas com o tempo têm influência direta sobre a credibilidade em padrões de sustentabilidade. O horizonte de tempo tem influência direta sobre o valor em credibilidade.

Interpretações correntes sobre o horizonte de tempo envolvem o planejamento, a identificação de tempo perdido, estratégias, mudança organizacional etc. O horizonte de tempo é uma das principais contradições em lógicas estratégicas críticas.

O objetivo principal de negócios em conhecimento deve ser estabelecer o valor do tempo em visão do conhecimento. Para tanto inicia-se com a observação do tempo em práticas e estratégias, avança-se sobre a análise do tempo em organização, e, finalmente, estabelece-se o valor do tempo para as partes interessadas e sobre os resultados alcançados.


Visão do conhecimento em concepção


A coordenação entre expectativas e estratégias, emergentes a partir de práticas sociais, permite identificar e selecionar alternativas para a produção de competências e capacidades organizacionais.

Ações e decisões para a coordenação envolverão alinhamento (LAHTI, 1999), capacidades dinâmicas (EISENHARDT; MARTIN, 2000), visão do conhecimento e valor do conhecimento (VON KROGH et al., 2001).

Dentre resultados desejados estão a melhor percepção de estratégias emergentes e do valor do conhecimento em visão, formação, competências críticas para a mudança organizacional (ex.: sistemas e programas de educação corporativa), iniciativas de busca, produção, compartilhamento e criação de conhecimentos.

Os agentes envolvidos devem agir e interagir, comunicando e harmonizando visão e escolhas pessoais e institucionais.

O interesse por negócios em conhecimento está relacionado com a obtenção de vantagens competitivas em ambientes democratizados de informação. Negócios em conhecimento envolvem conteúdos (informação) e processos (aprendizagem), conhecimento existente e novo conhecimento.

As empresas costumam se envolver com o conhecimento, buscando minimizar riscos, capturando e localizando conteúdos e conhecimento existente. O progresso em conhecimento, entretanto, envolve a busca de eficiência através do compartilhamento e da capacitação de processos e do novo conhecimento.

Os principais capacitadores (facilitadores) para o conhecimento são:

  • Instilar a visão do conhecimento,
  • Gerenciar conversas,
  • Mobilizar os ativistas do conhecimento,
  • Criar o contexto adequado e
  • Globalizar o conhecimento local (relacionado com o processo de recriação do conhecimento).

O processo mais importante e desafiante segue sendo a criação do conhecimento. A teoria da criação do conhecimento organizacional de NONAKA e TAKEUCHI (1997) é uma das abordagens mais divulgadas e conhecidas e seus autores defendem que a criação do conhecimento está relacionada com a interação entre conhecimentos objetivos e subjetivos. Existem críticas bem fundamentadas à teoria proposta por NONAKA e TAKEUCHI (1997). Uma dessas críticas é proposta por TSOUKAS e estabelece conceitos para empresas vistas como sistemas de conhecimento.

Segundo TSOUKAS (1996), firmas são sistemas descentralizados que não dispõem de uma "mente" supervisora. Além do conhecimento nunca estar [totalmente] disponível para um [único] agente específico, este agente também não tem condições de estabelecer completa e antecipadamente que tipo, quando e onde, um determinado conhecimento prático será relevante. Em qualquer ponto do tempo, o conhecimento de uma firma é o resultado indeterminado de indivíduos tentando administrar as tensões inevitáveis entre expectativas normativas - relacionadas com os papéis que desempenham, disposições - [organização] formada no curso de socializações passadas, e, contextos locais - conhecimento local de circunstâncias particulares de tempo e lugar.

Conhecimento não é igual a informação, mas existem semelhanças entre os dois conceitos. No ambiente organizacional, é oportuno desenvolver projetos que relacionem competências com busca, compartilhamento, produção e criação de conhecimento.

A coordenação entre estratégias e expectativas pode colaborar com o desenvolvimento da visão da empresa para o conhecimento como valor.


Concepção em visão do conhecimento


Abrir e manter um campo de trabalho em conhecimento é um importante desafio. Existe uma importante e possível relação entre o campo de trabalho e a visão do conhecimento. Uma visão do conhecimento valiosa dá sustentação ao campo de trabalho, garantindo que a produção do conhecimento possa ser continuamente avaliada.

Com o campo de trabalho estável e uma visão apoiada pelas partes e envolvidos, passa a ser possível operar a concepção como um processo estável. Mesmo nas situações em que se estabelece uma flutuação mais acentuada, o caos criativo, necessário à concepção inovadora, torna-se viável.

A visão do conhecimento deve levar em conta a carga decorrente de contradições em lógicas estratégicas críticas, como o horizonte de tempo. Um valor global deve, em qualquer condição, estar presente, para que se possa dar início ao processo.


Governança / Governance Institutions / Instituições, government, leadership, policies and the rule of law   Human capital, health, the community and the individual Social / Social
  Desempenho em governança Região de fluência / Native language, communication and languages region    
Região de ciência e tecnologia / Science and technology region       Região de saúde e bem-estar / Physical health and wellbeing region
         
Região de diversidade / Human, social and environmental region       Região de matemática / Mathematics region
Natural resources, urbanization and the ecological aspects   Região de arte e concepção / Arts and design region    
Infraestrutura e ambiente / Environmental and infrastructure Critical infrastructure (namely communications, energy, transport, water and health)   Macroeconomic environment, goods and services market, financial market, labour market, sustainability and productivity Economia / Economy


Processo: visão em concepção


Aprendizado e crescimento: credibilidade em contradições


Palavras-chave: região de desenvolvimento dinâmico, experiência em conhecimento, trabalho em conhecimento, método em diversidade, liberdade em conhecimento, valor em governança, região em avaliação


Keywords: services design, market design


Resultados: resultados em conhecimento


http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=orienta%C3%A7%C3%A3o+eficiente+regi%C3%A3o+%22em+vis%C3%A3o%22+conhecimento&btnG=Pesquisar


Number of topics: 8


Persona

Number of topics: 0


ILAnet

Number of topics: 4


Ágora

Number of topics: 0


Pipl

http://pipl.com/directory/tags/Region

-- GregorioIvanoff - 02 Sep 2015
to top


You are here: Express > NegociosEmConhecimento > RegiaoEmVisaoDoConhecimento

to top

Direitos de cópia © 1999-2017 pelos autores que contribuem. Todo material dessa plataforma de colaboração é propriedade dos autores que contribuem.
Ideias, solicitações, problemas relacionados a Ilanet? Dê sua opinião
Copyright © 1999-2017 by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding Ilanet? Send feedback